Lilith, a primeira feminista – no Jardim do Éden!

Seguindo o twitter do Libération, deparo-me com uma manchete curiosa: “La félation, acte rebelle“.

Eu não conhecia a história da primeira mulher do Jardim do Éden (aquele mito de que fala o Gênesis, livro da Bíblia, mas presente também em outras narrativas mesopotâmicas), Lilith, criada antes de Eva.

Ela teria sido criada como igual a Adão, e depois expulsa do Éden justamente por não ter aceitado a submissão a ele (vejam em português, aqui) e nem a renúncia ao direito ao prazer sexual. Pecados imperdoáveis, que a tornaram, segundo a tradição religiosa, um terrível demônio…

Lilith, gravura de John Collier, de 1892

Lilith, gravura de John Collier, de 1892

No artigo “Jardim do Éden Revisitado“, Roque de Barros Laraia, professor emérito do Departamento de Antropologia da UnB, analisa o mito de Lilith e seu expurgo do livro sagrado judaico. Esse tipo de investigação é muito interessante para entendermos o processo histórico de formação e consolidação de tradições e imaginários opressores, que se vale muito de ocultações e estigmatizações.

Talvez a compreensão do processo de estabilização dessa cosmologia possa nos dizer algo também sobre a história social daquele período. Não era à toa que era necessário estigmatizar como demoníaca Lilith – que reivindicava igualdade e liberdade – , como arquétipo de imoralidade, pecado, desgraça e danação. É fácil supor que a ênfase desse mito devia-se à necessidade de reprimir mulheres que, já naquela época, reivindicavam a liberdade e a igualdade, tal como Lilith, e recusavam-se a ser apenas objeto de prazer e procriação. Talvez tenham mesmo existido sociedades matriarcais antes do tempo em que as escrituras foram criadas…

Feministas de todo o mundo, a sua luta por igualdade e liberdade ecoa pelos milênios! Felizmente, o movimento de reescrita desta história de opressão parece cada vez mais forte.

De um entusiasta da rebeldia feminina.

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

6 Respostas to “Lilith, a primeira feminista – no Jardim do Éden!”

  1. isoca Says:

    interessantissimo o post!

  2. André Says:

    Legal.

  3. Tweets that mention Lilith, a primeira feminista – no Jardim do Éden! « Liberdade Política -- Topsy.com Says:

    […] This post was mentioned on Twitter by Luana Medeiros Weyl, João Telésforo. João Telésforo said: @luanaweyl https://liberdadepolitica.wordpress.com/2009/08/25/lilith-a-primeira-feminista-no-jardim-do-eden/ =) […]

  4. Nickole Joy Kaefer Says:

    Nunca é bom acreditar em tudo que nos dizem de olhos fechados…
    É sempre bom procurar conhecimentos..

  5. Edneusa Lopes Says:

    Muito interessante!!!!

  6. FRAN Says:

    NAO ENTENDO PORQUE NAO ESTA NA BIBLIA SOBRE ESSA LILITY?????????????

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: